AMRIGS - Associação Médica do Rio Grande do Sul
    
 
Área do Associado



 


 

 
   
 

Saúde atualiza cronograma de vacinação contra sarampo em escolas

A Secretaria Municipal de Saúde (SMS) mantém até dezembro a vacinação de adolescentes e jovens entre 15 e 29 anos em escolas públicas estaduais. O plano de enfrentamento ao sarampo pretende imunizar alunos e servidores de 120 escolas pactuadas no Programa Saúde na Escola. Até o momento, de acordo com os registros da SMS, 98 jovens foram vacinados e houve oito recusas nas escolas. Os registros são parciais e estão sujeitos a alteração.

As 120 escolas públicas selecionadas têm, de acordo com dados da Secretaria Estadual de Educação (Seduc), 48 mil alunos entre 15 e 19 anos. Esta faixa etária tem 16 casos confirmados de sarampo na cidade. Outros 13 estão na faixa 20-29 anos. No total, Porto Alegre contabiliza até o momento 36 casos confirmados da doença.

O trabalho junto a escolas estaduais tem previsão de término em dezembro. Até o dia 14, véspera do feriado de 15 de novembro, devem ser visitadas 26 escolas, de acordo com o cronograma divulgado nesta segunda-feira, 5 (ver tabela abaixo):

Enfrentamento - A intensificação de vacinação para adolescentes e jovens faz parte do Plano de Enfrentamento do Sarampo da SMS. A meta é avaliar a situação vacinal e atualizar a vacinação dos indivíduos entre 15 e 29 anos por meio de ações realizadas em 120 escolas, quartéis e universidades.

Porto Alegre recebeu 77 notificações de suspeitas de sarampo em 2018, com confirmação de 36 casos. Cinco continuam em investigação, os demais foram descartados. Do total de casos confirmados, 29 são pacientes entre 15 e 29 anos, sendo que 33 (91,7%) não têm o esquema vacinal completo contra sarampo. Dos 36 pacientes, 29 (80,5%) são homens. Novo balanço sobre a situação epidemiológica da cidade deve ser divulgado ao longo desta semana.

A intenção é manter até o final de dezembro diferentes estratégias visando ao aumento da cobertura vacinal no público-alvo e à interrupção da cadeia de transmissão da doença na cidade. Nas unidades de saúde, o SUS oferece a vacina para todas as pessoas, de 1 ano até 49 anos de idade, em todas as salas de vacina.

O esquema vacinal varia de acordo com a faixa etária. De 1 ano aos 29 anos de idade, devem ser feitas duas doses da vacina, com intervalo mínimo de um mês; dos 30 aos 49 anos, uma dose é suficiente. Para avaliar a situação vacinal, é importante levar à unidade de saúde a caderneta de vacinação.

A SMS solicita às pessoas que têm caderneta de vacinação que apresentem o documento para que a situação vacinal seja avaliada. “Caso não possua, compareça a uma unidade de saúde e converse com um profissional, que passará as orientações”, explica a enfermeira Renata Capponi, do Núcleo de Imunizações da SMS. Mulheres grávidas não devem ser vacinadas, pois a tríplice viral é composta por vírus atenuados.

Cronograma

Dia 5/11, segunda-feira:

EEEF Padre Leo
EEEF Dr. Carlos Barbosa Gonçalves
EEEF Luciana de Abreu
EEEF Leopolda Barnewitz

Dia 6/11, terça-feira:

EEEF Camila Furtado Alves
Colégio Estadual Dr. Glicério Alves
Colégio Estadual Francisco A. Vieira Caldas Jr.
EEEF Prof. Marina Martins de Souza
EEEF América
Colégio Estadual Marechal Floriano Peixoto

Dia 7/11, quarta-feira

EEE de Ensino Médio (EEEM) Dr. Oscar Tollens
Escola Técnica Estadual José Feijó

Dia 8/11, quinta-feira

EEEF 20 de Setembro
EEEF Ministro Salgado Filho
EEEF São Caetano

Dia 9/11, sexta-feira

EEEF Lions Club Porto Alegre
EEEF Itamarati
EEEF Maria José Mabilde

Dia 12/11, segunda-feira

EEEF José Garibaldi

Dia 13/11, terça-feira

EEEF Madre Maria Selima
Colégio Estadual Pres. Arthur da costa e Silva
Colégio Estadual Carlos Fagundes de Mello
EEEM Otávio Rocha

Dia 14/11, quarta-feira

EEEB Fernando Gomes
Colégio Estadual Prof. Elmano Lauffer Leal
EEEF Oswaldo Vergara

Fonte: Patrícia Coelho/PMPA
Fotos:
Data: 07/11/18      Atualizada em: 07/11/18
Tags: vacinação , sarampo , escolas , Porto Alegre , escolas públicas , imunização ,









 
ARTIGOS

Sentir-se Médico
Dr. José J. Camargo
A fragilidade da democracia da República do Brasil
Dr. Albino Julio Sciesleski
Conscientização e prevenção sobre a Doença Falciforme
Dr. Alfredo Floro Cantalice Neto
Ver Todas
JORNAL AMRIGS

Ver Todas
REVISTA DA AMRIGS

Ver Todas
AMRIGS NA MIDIA

Ver Todas