Arritmias cardíacas estão entre os principais temas de debates do Congresso Mundial de Cardiologia 2012

Notícias

Categoria:

Compartilhar:

publicada em

Arritmias cardíacas estão entre os principais temas de debates do Congresso Mundial de Cardiologia 2012

O Congresso Mundial de Cardiologia (World Congress of Cardiology 2012), que acontecerá de 18 a 21 de abril, em Dubai, Emirados Árabes, terá entre seus temas de discussão as arritmias cardíacas. O WCC é o congresso oficial da Federação Mundial de Cardiologia e apresenta diversos fóruns para discutir todos os aspectos de prevenção e tratamentos das mais diversas doenças cardiovasculares. A Sociedade Brasileira de Arritmias Cardíacas (SOBRAC) estará representada pelo seu presidente Adalberto Lorga Filho, uma vez que estarão em pauta as arritmias cardíacas, a Fibrilação Atrial (Prevenção do AVC em Fibrilação Atrial), a morte súbita, os dispositivos implantáveis (CDI´s/marca-passos), síncope e uma sessão específica sobre Doença de Chagas.

“O espaço neste Congresso Mundial para discutir a Doença de Chagas é significativo, uma vez que esta é uma doença ainda muito presente na América do Sul. Cardiologistas de todo mundo terão a oportunidade de conhecer e debater sobre prevenção, diagnóstico e tratamentos mais indicados para esta doença”, lembra o cardiologista Adalberto Lorga Filho.
 
Entre os fóruns sobre doença de Chagas estão programados painéis sobre “Epidemiologia e fisiopatologia da doença de Chagas no mundo”, “Opções de estratificação de risco clínico e tratamento para a doença de Chagas”, entre outros.
 
A doença de chagas afeta cerca de 20 milhões de pessoas em toda a América Latina. Somente no Brasil, acredita-se que o número de vítimas esteja em torno de até 5 milhões de pessoas e há indícios de que sua incidência seja crescente. Dentre as pessoas infectadas, cerca de 60% desenvolvem a doença, que se não tratada pode ser fatal. A Doença de Chagas pode provocar alterações graves em órgãos como o esôfago, o intestino ou o coração, sendo a ocorrência de arritmias cardíacas muito frequente em pacientes com acometimento cardíaco. Apesar da alta endemicidade, ainda permanece no grupo de doenças negligenciadas. No entanto, a Organização Mundial da Saúde (OMS) já emitiu parecer quanto a importância global da enfermidade.
 
Há mais de 100 anos, no dia 14 de abril de 1909, o cientista Carlos Chagas encontrou o protozoário Trypanossoma cruzi no sangue de uma menina febril de 2 anos de idade, na cidade de Lassance (MG). Além do agente causador, o cientista também identificou o agente transmissor (o barbeiro) e o modo de transmissão da enfermidade que passaria a ser conhecida mundialmente com o seu próprio nome: Doença de Chagas.
 
“A Doença de Chagas frequentemente acomete o coração e, nesses casos, pode se manifestar com arritmias. Essas, às vezes, são muito graves e, em alguns casos, o primeiro sintoma pode ser a morte súbita”, explica o Presidente SOBRAC.
 
Sobre a Sociedade Brasileira de Arritmias Cardíacas – Criada oficialmente em 1984, a Sociedade Brasileira de Arritmias Cardíacas (SOBRAC), antigo Departamento de Arritmias e Eletrofisiologia Clínica (DAEC), é uma entidade médica sem fins lucrativos, afiliada à Sociedade Brasileira de Cardiologia (SBC).
 
Os objetivos da SOBRAC são normatizar as atividades relacionadas às arritmias cardíacas no Brasil, promover o desenvolvimento científico e a valorização profissional da especialidade, além de orientar a população leiga a respeito dos problemas mais comuns ligados às arritmias cardíacas, por meio de campanhas educativas.
 
Com sede na cidade de São Paulo, a Sociedade tem atuação nacional. Em 2006, criou o Programa de Educação Continuada (PreCon), cuja finalidade é difundir e harmonizar condutas na área de arritmias cardíacas aos médicos da área clínica, em diversos eventos realizados anualmente em diferentes regiões do país.
 
A SOBRAC realiza ainda, anualmente, o Congresso Nacional de Arritmias Cardíacas, maior evento do gênero da América Latina, que reúne profissionais renomados do Brasil e do exterior. Em sua 29a edição, o evento será realizado em Curitiba (PR), entre os dias 28 de novembro e 01 de dezembro.
 
Além da campanha Coração na Batida Certa, a SOBRAC promove ainda atividades educacionais, como os Cursos de Reciclagem em Arritmia Clínica, Eletrofisiologia e Dispositivos Implantáveis, além de publicações – livros e revistas – e estudos científicos que ajudam a nortear e promover terapias para uma melhor conduta na área das arritmias cardíacas.
 
Site SOBRAC: www.sobrac.org
 
Redes Sociais:
 

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Confira outras notícias

plugins premium WordPress