Cuidados diários na alimentação ajudam a diminuir o consumo de sódio

Cuidados diários na alimentação ajudam a diminuir o consumo de sódio

Categoria:

Compartilhar:

Cuidados diários na alimentação ajudam a diminuir o consumo de sódio

A redução do consumo de sódio na alimentação deve ser prioridade no dia a dia do brasileiro. No Brasil, em média, são ingeridos 12 gramas de sal por dia, segundo a Pesquisa do Orçamento Familiar do IBGE, mais que o dobro recomendado pela Organização Mundial da Saúde.
A maioria dos alimentos industrializados possuem quantidades mais altas de sódio. Itens como temperos prontos, presuntos, mortadelas, salame, macarrão instantâneo salgadinhos de pacote colaboram para o aumento da ingestão do mineral.
O excesso de sódio pode causar a elevação de pressão e resultar na hipertensão. A pressão se eleva por vários motivos, mas principalmente quando nossas artérias perdem a capacidade de contrair e dilatar, por algum tipo de resistência.
A hipertensão faz com que o coração tenha que exercer um esforço maior do que o normal para fazer com que o sangue seja distribuído corretamente no corpo. A doença é um dos principais fatores de risco para a ocorrência do acidente vascular cerebral, enfarte, aneurisma arterial e insuficiência renal e cardíaca. No Brasil, ela é diagnosticada em cerca de 33 milhões de brasileiros. Destes, 80% são atendidos na rede pública de saúde.
Quem já é hipertenso precisa ter atenção redobrada e reduzir ainda mais o consumo de sal, evitar temperos industrializados e dar preferência a frutas ricas em potássio. O ideal é comer peixe ao menos duas vezes por semana e optar por carnes brancas ou magras de boi. Também é importante beber leite desnatado e derivados.
Pequenas substituições sugeridas pelo Guia Alimentar para a População Brasileira ajudam a reduzir o consumo de sódio diário. Por exemplo, diminuir quantidade de óleo e sal no preparo do feijão, evitar o uso de carnes salgadas no cozimento e optar por quantidades generosas de cebola, alho, louro, salsinha, cebolinha, pimenta, coentro e outros temperos naturais, bem como adicionar outros alimentos, como cenoura e vagem, que acrescentam sabor, aroma e mais nutrientes à preparação. O uso de ervas frescas ou secas, assim como pimenta, gergelim e outros, agregam sabor e também ajudam na redução do uso do sal. Em saladas, temperar com limão reduz a necessidade de adição de sal e óleo. Outras combinações podem ser feitas, como o louro em sopas, alecrim em carnes, salsa na macarronada, manjericão no molho de tomate e tomilho na batata.
Leia mais sobre como ter uma alimentação saudável no Guia Alimentar para a População Brasileira.

Confira outras notícias

thumb site

DU AMRIGS marca presença na recepção de calouros da Universidade Franciscana em Santa M...

A recepção dos alunos do primeiro semestre de Medicina da Universidade Franciscana (UFN) em Santa Maria, que marcou o início da jornada acadêmica dos novos estudantes, contou com a presença da Associação Médica do Rio Grande do Sul (AMRIGS) e do seu Departamento Universitário (DU), representado p...
240223_CristineRochol_Formatura_SMS-0326

Cerimônia de formatura dos residentes do Hospital de Pronto Socorro de Porto Alegre cel...

Na última sexta-feira, 23 de fevereiro, a Associação Médica do Rio Grande do Sul (AMRIGS) sediou a cerimônia de formatura dos residentes do Hospital de Pronto Socorro de Porto Alegre (HPS-POA). O momento marcou a conclusão de uma importante etapa na jornada acadêmica e profissional na residência ...
Thumb Site

Preciso fazer minha primeira declaração de imposto de renda em 2024. E agora?

Dúvidas sobre como declarar corretamente o Imposto de Renda afligem até mesmo os contribuintes mais experientes. Quem vai fazer a declaração pela primeira vez precisa ter atenção redobrada para evitar os erros que fazem o contribuinte cair na malha fina da Receita Federal. Os estreantes precisam ...
plugins premium WordPress