IPE não atende integralmente desejo das entidades médicas

Notícias

Categoria:

Compartilhar:

publicada em

IPE não atende integralmente desejo das entidades médicas

Em reunião realizada nesta quinta-feira, 23 de dezembro, na sede do IPERGS, entre representantes do IPE e o Grupo Paritário (AMRIGS, CREMERS, SIMERS, FEHOSUL e Federação das Santas Casas do RS) foi apresentada a portaria 195/2010, que regulamenta os reajustes que serão pagos a partir de 1º de janeiro de 2011. Os R$ 61 milhões estabelecidos para os reajustes no próximo ano serão distribuídos em três etapas.  O primeiro pagamento, de R$ 21 milhões, contemplou, com reajuste, somente os honorários de visitas hospitalares, o que trouxe uma grande frustração às entidades médicas, dentre elas a AMRIGS, visto que era pleiteado pelas mesmas o aumento no valor dos honorários das consultas médicas.  

As negociações entre o IPE e o Grupo Paritário serão retomadas com a próxima direção do IPERGS, quando assumir o próximo governo. A portaria 195/2010 estará disponível a partir do dia 24/12 no site do Instituto (www.ipe.rs.gov.br).

A AMRIGS reitera sua posição de que é fundamental e imprescindível um aumento dos honorários de consultas médicas, já que mais de 50% dos 6.900 médicos credenciados do IPE Saúde atendem somente no consultório médico. Representaram a AMRIGS na reunião o diretor de Finanças, Dr. Alfredo Floro Cantalice Neto e a Supervisora Maria da Graça Schneider.

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Confira outras notícias

plugins premium WordPress