Ministros da Saúde debatem ações para melhorar saúde da população das Américas

Ministros da Saúde debatem ações para melhorar saúde da população das Américas

Categoria:

Compartilhar:

Ministros da Saúde debatem ações para melhorar saúde da população das Américas

Ministros da Saúde das Américas se reunirão na próxima semana na sede da Organização Pan-Americana da Saúde/Organização Mundial da Saúde (OPAS/OMS), em Washington, Estados Unidos, para definir políticas e ações para enfrentar os principais desafios em saúde da região, assim como para estabelecer as prioridades de cooperação técnica da OPAS com seus países membros.
Durante o 55º Conselho Diretivo, que será realizado entre 26 e 30 de setembro, as autoridades de saúde debaterão e buscarão entrar em acordo sobre estratégias e planos de ação para prevenir doenças como zika, chikungunya e dengue; eliminar a malária e doenças infecciosas negligenciadas; e prevenir e controlar o HIV, além de outras infecções sexualmente transmissíveis. Os participantes também vão abordar um plano de ação para reduzir o risco de desastres e discutir como tornar resilientes os sistemas de saúde. As delegações vão receber ainda uma atualização sobre o vírus zika na região.
As autoridades de saúde promoverão debates sobre o acesso e o uso racional de medicamentos e outras tecnologias de saúde estratégicas e de alto custo, além de saúde dos migrantes. Analisarão também o relatório final sobre os Objetivos de Desenvolvimento do Milênio (ODM) e as metas de saúde. A aplicação dos Objetivos do Desenvolvimento Sustentável (ODS) nas Américas também vão estar na pauta.
Na cerimônia de abertura do Conselho Diretivo, que ocorrerá no dia 26 de setembro, discursarão a Diretora da OPAS/OMS, Carissa F. Etienne; a Diretora-Geral da OMS, Margaret Chan; e a secretária do Departamento de Saúde e Serviços Humanos dos Estados Unidos, Sylvia Mathews Burwell, entre outras autoridades.
Etienne apresentará o relatório anual da organização, que este ano destaca os procedimentos que a OPAS e os países membros usam atualmente para manejar emergências de saúde pública de maneira eficiente, como no caso do vírus zika, bem como os programas de cooperação técnica da organização que contribuem para a manutenção de sistemas de saúde sólidos e resilientes e que permitem avanços para se alcançar a saúde universal.
No marco do Conselho Diretivo, haverá um reconhecimento especial para o Uruguai por sua liderança na defesa da política contra o tabaco. O país venceu em julho de 2016 um caso internacional interposto contra a empresa Philip Morris.
Durante a semana, vários eventos paralelos serão realizados com temas como o papel do investimento público na saúde universal, a dimensão da saúde pública no problema mundial de drogas e a rotulagem de alimentos. Também será lançada uma publicação sobre as dimensões econômicas das doenças não transmissíveis na América Latina e no Caribe.
Haverá duas exposições fotográficas: uma que inclui a experiência no combate a doenças infecciosas como tracoma (“cegueira dos rios”) em áreas remotas de países das Américas e outra que documenta a experiência no Brasil do Programa Mais Médicos, iniciativa que conta com a participação de médicos cubanos.
O Conselho Diretivo da OPAS se reúne uma vez ao ano, nos anos em que não há a Conferência de Saúde Pan-Americana (autoridade suprema da oficina regional da OMS), para estabelecer as políticas e prioridades da organização. As delegações que participam incluem as autoridades de saúde dos 35 Estados-Membros da OPAS e os representantes de seus quatro Membros Associados e dos Estados Observadores.
Além de estabelecer os mandatos para os programas de cooperação técnica da OPAS, o encontro também estabelece um fórum para que técnicos e representantes dos governos troquem informações e ideias sobre saúde na região.
A OPAS trabalha com os países das Américas para melhorar a saúde e qualidade de vida de sua população. Fundada em 1902, é a organização de saúde pública mais antiga do mundo. Atua como a oficina regional para as Américas da OMS e é a agência especializada em saúde do sistema interamericano.

Confira outras notícias

thumb site

DU AMRIGS marca presença na recepção de calouros da Universidade Franciscana em Santa M...

A recepção dos alunos do primeiro semestre de Medicina da Universidade Franciscana (UFN) em Santa Maria, que marcou o início da jornada acadêmica dos novos estudantes, contou com a presença da Associação Médica do Rio Grande do Sul (AMRIGS) e do seu Departamento Universitário (DU), representado p...
240223_CristineRochol_Formatura_SMS-0326

Cerimônia de formatura dos residentes do Hospital de Pronto Socorro de Porto Alegre cel...

Na última sexta-feira, 23 de fevereiro, a Associação Médica do Rio Grande do Sul (AMRIGS) sediou a cerimônia de formatura dos residentes do Hospital de Pronto Socorro de Porto Alegre (HPS-POA). O momento marcou a conclusão de uma importante etapa na jornada acadêmica e profissional na residência ...
Thumb Site

Preciso fazer minha primeira declaração de imposto de renda em 2024. E agora?

Dúvidas sobre como declarar corretamente o Imposto de Renda afligem até mesmo os contribuintes mais experientes. Quem vai fazer a declaração pela primeira vez precisa ter atenção redobrada para evitar os erros que fazem o contribuinte cair na malha fina da Receita Federal. Os estreantes precisam ...
plugins premium WordPress