Notícias

20/11/2018 - AMRIGS repudia injúria à classe médica



A Associação Médica do Rio Grande do Sul (AMRIGS) repudia a charge publicada na edição do jornal Zero Hora de terça-feira (20/11). Ao sugerir que os médicos não se importam com a população, o autor da tirinha desconsidera o trabalho de profissionais que, muitas vezes, atuam sob condições precárias, com déficit de infraestrutura.

Justamente por prezarmos pela qualidade de vida e bem-estar dos pacientes, intensificamos, nos últimos anos, a luta pela profissionalização e exigimos dos governos investimento em um plano de carreira para aqueles que atuam na rede pública de saúde.

Reforçamos, ainda, nossa opinião de que há médicos brasileiros que podem atender as vagas que estarão disponíveis após a saída dos profissionais cubanos do programa Mais Médicos. Prova disto é que, em 2018, contamos com mais de 6 mil formandos e recém-formados em Medicina inscritos na Prova AMRIGS, teste que avalia os conhecimentos e também é utilizado como forma de seleção para Programas de Residência Médica.

Alfredo Floro Cantalice Neto
Presidente da Associação Médica do Rio Grande do Sul


Todas Notícias