Notícias

31/10/2019 - Diagnóstico precoce é a principal ferramenta no combate ao câncer de mama



Com médico mastologista e voluntárias do IMAMA, palestra na AMRIGS abordou as principais mais eficientes ações na redução de casos de câncer

Encerrando o mês do Outubro Rosa, alusivo a prevenção do câncer de mama, a Associação Médica do Rio Grande do Sul promoveu, nesta quarta-feira (30/10), uma nova edição do Ciclo de Palestras AMRIGS. Para o médico mastologista, Leônidas Machado, que tratou das principais formas de prevenção, o diagnóstico precoce é responsável direto pela redução dos danos e, por isso, ações preventivas devem ser divulgadas.

- O toque na mama, que denuncia o câncer quando o paciente sente o nódulo, é o que leva 52% dos casos de câncer aos hospitais. Se a descoberta é feita desta forma, normalmente, o estágio já está mais avançado. Por isso, a mamografia é tão importante, pois permite um diagnóstico precoce, que oferece um percentual de mais de 90% de cura - explicou o mastologista.



A atividade contou com a parceria do Instituto da Mama do Rio Grande do Sul (IMAMA), representado pelas voluntárias Altair Margarida de Conto e Patrícia Chiappin Kauer, que salientaram a necessidade para que todos possam ter acesso aos tratamentos.

- A mamografia está na legislação e todos devemos realizá-la. Somente através deste tipo de exame é possível detectar os tumores em estágios inicias - afirmou Patrícia, que foi diagnosticada com câncer anos atrás.



Para Altair, a conscientização e ações que divulguem os direitos que as mulheres possuem, levando informações a elas, são atitudes que auxiliam na redução e no combates de casos de câncer de mama.



Fonte: Ascom AMRIGS

Fotos: Vitor Figueiró



Todas Notícias