Notícias

27/05/2020 - Evento na Câmara dos Deputados debate o impacto do tabagismo e da tuberculose na COVID-19



AMRIGS esteve representada no encontro que faz referência ao 31 de maio, Dia Internacional de Luta Antitabagismo

O impacto do tabagismo e da tuberculose em casos de coronavírus foi tratado através de reunião técnica por vídeo-conferência na Câmara dos Deputados. A atividade integrou a programação da manhã desta terça-feira (26/05) na comissão externa destinada a acompanhar ações preventivas da vigilância sanitária e possíveis consequências para o Brasil quanto ao enfrentamento da pandemia causada pela COVID-19, e contou com a participação da Associação Médica do Rio Grande do Sul, representada pelo médico pneumologista e mentor do Projeto Fumo Zero da AMRIGS, Luiz Carlos Corrêa da Silva.

“A sociedade toda está envolvida com o assunto da pandemia e com um sentimento comum: todos estão com muito medo. Todos querem saber quando isso termina ou quando se reduz de um modo que a sociedade possa voltar a sua normalidade. Nesse aspecto, as pessoas precisam receber a informação boa e não o sensacionalismo ou tragédia que as TVs habituais estão fazendo”, alertou Luiz Carlos.

O médico chamou a atenção para a importância de voltar a olhar com atenção as outras doenças.

“É preciso ter foco em todos os aspectos da nossa vida. Os fatores de risco continuam e precisam ser trabalhados. O "fique em casa", por exemplo, não pode ser em casa fumando porque daí há um contra-senso imenso. Pode parecer estranho, mas ele vai correr mais risco fazendo isso do que não fumando e andando na rua. Precisamos de um olhar atento para saber como ficam as outras doenças que estão sofrendo um represamento. O que vamos fazer com a quantidade de pessoas que não fizeram um acompanhamento de uma doença crônica ou uma prevenção ao câncer?", exemplificou.

Participaram também da reunião-ténica como convidados a médica do Instituto Nacional de Câncer (INCA) e secretária-executiva da Comissão Nacional para Implementação da Convenção-Quadro para o Controle do Tabaco, Tânia Cavalcante; a diretora Executiva da ACT Promoção da Saúde, Mônica Andreis; o presidente da Sociedade Paulista de Pneumologia e Tisiologia (SPPT), Frederico Leon Arrabal Fernandes e o deputado federal Antonio Britto.

Fonte: Ascom AMRIGS

Foto: Divulgação Câmara dos Deputados 



Todas Notícias