Notícias

11/05/2021 - Diretoria da AMRIGS e deputado federal Nereu Crispim debatem prova, uso de canabidiol e prevenção do suicídio



Parlamentar tem ativa participação na destinação de recursos do Orçamento da União para hospitais no Rio Grande do Sul

A Diretoria da Associação Médica do Rio Grande do Sul (AMRIGS) recebeu a visita do deputado federal Nereu Crispim (PSL). Políticas de prevenção ao suicídio de agentes das forças policiais, uso do canabidiol para fins terapêuticos e a nacionalização da prova da AMRIGS foram temas debatidos durante a visita do deputado à reunião da Diretoria da entidade, na noite de segunda-feira (10).

Nereu Crispim falou sobre sua atuação parlamentar, baseada nas políticas de incentivo ao empreendedorismo e iniciativa privada. Também falou sobre suas iniciativas de encaminhamento de emendas ao Orçamento da União para ampliação e modernização de mais de vinte hospitais em Porto Alegre e no interior do Rio Grande do Sul.

Durante a reunião, o presidente da AMRIGS, Gerson Junqueira Jr. apresentou ao deputado o projeto de nacionalização da Prova AMB/AMRIGS, que neste ano está completando 50 anos de funcionamento. A prova é realizada no Rio Grande do Sul e em outros cinco estados brasileiros. É o instrumento usado para credenciar médicos recém-formados para que façam o período de residência médica nos principais hospitais do Brasil.

“Nós queremos que a Prova AMB/AMRIGS seja o Revalida em todo o território nacional”, disse Junqueira. Ele se referia à prova aplicada pelo Governo Federal para permitir que médicos que sejam formados em universidades e faculdades estrangeiras possam exercer a Medicina no Brasil. “Temos expertise para aplicar a prova e melhorar a qualidade da Medicina oferecida à população brasileira”, completou.

Nereu Crispim também apresentou aos médicos da Diretoria da AMRIGS a sua participação em comissão do Congresso Nacional que discute o uso terapêutico do canabidiol, substância ativa encontrada na planta da maconha. A substância é usada em casos excepcionais para o tratamento de convulsões em crianças e adolescentes. A Diretoria colocou-se à disposição do deputado para fornecer dados técnicos que possam servir ao debate.

O deputado também pediu ajuda à Diretoria da AMRIGS para um projeto do Ministério da Ministério da Mulher, da Família e dos Direitos Humanos. O texto trata de mecanismos para a prevenção de suicídio entre os agentes das forças de segurança. No Rio Grande do Sul, em janeiro deste ano, sete policiais militares cometeram suicídio. “É um dado alarmante, pois mostra o grau de stress, ansiedade e pressão em que estão os policiais, especialmente durante a pandemia”, lembrou o deputado.

IVS

O Instituto Vida Solidária (IVS), o compromisso social da AMRIGS, foi apresentado ao deputado federal Nereu Crispim. O IVS conta com todas as documentações e credenciais para o recebimento de verbas federais por meio de leis de apoio à Assistência Social executadas pelo Governo Federal. “Meu gabinete está à disposição do Instituto para o encaminhamento de projetos e possíveis destinações de emendas ao Orçamento da União”, disse Crispim.

Fonte: Miguelito Medeiros
Fotos: Thales Duarte



Todas Notícias