Notícias

23/06/2021 - O esporte é fundamental para melhora global da qualidade de vida



Ciclo de Palestras AMRIGS trouxe o debate de medidas importantes para que lesões e fraturas não atrapalhem a busca pela saúde, bem estar e condicionamento físico

O aumento do sedentarismo durante o período da pandemia traz consequências na saúde de muitas pessoas que praticavam esportes e que simplesmente interromperam ou diminuíram de forma muito brusca as suas atividades. O tema foi escolhido para mais uma edição do Ciclo de Palestras AMRIGS, realizado na noite de terça-feira (22/06) de forma online.

“ Muita gente ficou restrita em casa e abandonou os esportes. É imperioso que as pessoas retornem a algum tipo de atividade ou mantenham o que estão fazendo”, afirmou o mediador do encontro, especialista em ombro e joelho que atua na área de traumatologia do esporte e é Secretario Científico da SBOT RS, Dr. Antônio Balestrin.

A primeira palestra contou com a participação do cirurgião de mão do Complexo Hospitalar Santa Casa de Porto Alegre e Hospital Mãe de Deus, membro titular da SBCM e SBOT, Dr. Rafael Praetzel. O especialista discorreu sobre as causas mais comuns nas lesões em atletas amadores.

“O primeiro aspecto é observar porque a lesão está ocorrendo. Muitas vezes pode ser por uma questão técnica, ou seja, desconhecimento ou por atividade em excesso seja pelo ponto de vista de intensidade, força ou repetição. Há ainda casos de erros no tempo de execução do exercício ou ausência de descanso ou reparo. Por fim, o uso equivocado de equipamentos”, explicou.

Durante a sua abordagem, o médico explicou a importância de olhar com atenção para os atletas amadores uma vez que os profissionais na maioria dos casos contam com uma ampla equipe de profissionais o acompanhando enquanto os amadores muitas vezes fazem os exercícios apenas por prazer e saúde.

O médico especialista em Ortopedia e Traumatologia, membro da International Society of Arthoscopy, Knee Surgery and Orthopaedic Sport Medicine (ISAKOS) e membro titular da SBOT, Dr. Carlos Eduardo Valiente Ferreira,chamou a atenção para a importância de promover uma mudança de cultura visando evitar a lesão e não tratar depois de haver já um agravamento do caso.

“Mesmo de forma amadora, é preciso se preparar. É preciso olhar com atenção o terreno onde será praticada a atividade o quanto estou obeso ou sedentário. Não posso fazer uma atividade física sem orientação e controle. Para evoluir na vida e na atividade física temos que gastar um pouco de tempo e buscar informações com pessoas que tenham conhecimento adequado”, explicou.

Por fim, o palestrante ressaltou a importância do esporte na vida de todos.

"O esporte não é só a prática em si, mas uma melhora global da qualidade de vida", disse.


Fonte: Marcelo Matusiak
Fotos: Reprodução de imagem



Todas Notícias