Notícias

01/07/2021 - Nota Pública Conjunta - AMRIGS e SBACV-RS: Aplicação da Vacina Oxford/Astrazeneca em Casos de Trombose



A aplicação das vacinas contra o coronavírus é fundamental para diminuir a transmissibilidade viral e conter o avanço da pandemia da COVID-19.

Dados do Ministério da Saúde revelam que cerca de 600 mil pessoas não retornaram para receber a segunda dose da vacina Oxford/Astrazeneca. Em vista da divulgação de casos de trombocitopenia e eventos trombóticos após administração desta vacina, a Associação Médica do Rio Grande do Sul e a Sociedade Brasileira de Angiologia e Cirurgia Vascular - Regional Rio Grande do Sul destacam e alertam que:

Indivíduos com antecedente pessoal de trombose (não associado a trombocitopenia induzida por heparina - HIT) ou de trombofilia, independentemente de estarem ou não em uso de anticoagulantes, não possuem contraindicação ao uso da vacina Oxford/Astrazeneca ou outra vacina contra a COVID-19 que utilize plataforma de vetor viral não-replicante.

Similarmente, aquelas pessoas que apresentaram um episódio de trombose após a primeira dose da vacina contra a COVID-19, não associado à plaquetopenia, não apresentam contraindicação em receber a segunda dose do mesmo imunobiológico (se utilizado em esquema de duas doses), não sendo indicada à substituição por outra vacina.

A AMRIGS e a SBACV-RS reforçam a importância de receber as duas doses da vacina contra o coronavírus, quando preconizada, para sua completa imunização.

Porto Alegre, 1° de julho de 2021.

Gerson Junqueira Jr.
Presidente da AMRIGS

Guilherme Napp
Diretor Científico e Cultural da AMRIGS
Diretor de Publicações da SBACV-RS

Régis Fernando Angnes
Presidente da SBACV-RS



Todas Notícias