Notícias

01/09/2021 - Congresso de Psiquiatria e Setembro Amarelo: os temas da visita da ABP à AMRIGS



Porto Alegre vai receber Congresso Brasileiro de Psiquiatria no mês de outubro

O vice-presidente da Associação Brasileira de Psiquiatria (ABP), Dr. Cláudio Martins, participou da reunião da Diretoria da Associação Médica do Rio Grande do Sul (Amrigs) na segunda-feira (30) para divulgar o 38º Congresso Brasileiro de Psiquiatria. O evento será realizado entre os dias 6 e 9 de outubro deste ano em Porto Alegre.

O congresso deve ter a participação de mais de oito mil médicos de todo o Brasil. Será o primeiro grande evento médico com expressiva participação presencial. Segundo Martins, pelo menos quatro mil psiquiatras devem estar em Porto Alegre para o encontro.

O presidente do Conselho de Representantes da Amrigs e secretário municipal de Saúde de Porto Alegre, Dr. Mauro Sparta, destacou a importância do evento para a capital. “Este congresso vai fazer rodar a máquina dos eventos, da rede hoteleira, dos serviços. Vai mostrar que pode ser feito, com segurança, com os protocolos e com todo o cuidado necessário”, disse Sparta. O secretário de Saúde também garantiu que o poder público de Porto Alegre vai apoiar o congresso de psiquiatria de forma institucional e operacional.

“É uma alegria muito grande termos um congresso tão importante como o da Psiquiatria sendo realizado em Porto Alegre”, disse o presidente da Amrigs, Dr. Gerson Junqueira Jr. “A realização do evento dá uma visibilidade muito grande para a Medicina e para a psiquiatria gaúcha em especial”.

A visita institucional do vice-presidente da ABP foi acompanhada também pela conselheira da Amrigs, Dra. Clara Ester Trahtman, integrante da entidade nacional que congrega a medicina psiquiátrica.

Setembro Amarelo

Através da campanha Setembro Amarelo, a Associação Brasileira de Psiquiatria divulga ações de prevenção ao suicídio em todo o Brasil. “Estamos fazendo várias ações, várias participações em eventos online e incentivando os psiquiatras a participarem chamando a atenção para o a luta contra o estigma da doença mental”, disse o vice-presidente da ABP. “Queremos chamar a atenção da comunidade para a necessidade de atenção contínua no acompanhamento de transtornos mentais”, completou.

Fonte: Miguelito Medeiros
Fotos: Thales Duarte



Todas Notícias