Notícias

29/11/2021 - Evento na AMRIGS resgata a importância da reflexão e do cuidado com a alma



"Livros Negros de C.G.Jung - Encontros com a profundidade da alma" foi a temática do evento que ocorreu ao longo da sexta-feira (26/11)

A obra de Carl Gustav Jung, psiquiatra suíço responsável por fundar a psicologia analítica, foi tema de evento realizado na Associação Médica do Rio Grande do Sul, na sexta-feira (2/11). Durante a manhã e tarde, foram realizadas palestras técnicas voltadas a psiquiatras, médicos de outras especialidades, psicólogos, profissionais da saúde mental e da saúde em geral e educadores. Após a solenidade de abertura, o público acompanhou a palestra do psiquiatra e analista Walter Boechat, membro fundador da Associação Junguiana do Brasil (AJB) e revisor da tradução dos Livros Negros para o português.

Os livros chegaram ao Brasil no ano de 2020 e trouxeram um extenso e belíssimo material sensibilizando e instrumentalizando profissionais da saúde mental para uma melhor compreensão dos processos internos vividos pelas pessoas e a relação com os acontecimentos do mundo.

“Isso é relevante porque os Livros Negros foram rescritos durante a chamada gripe espanhola e prestamos muita atenção a estas questões sincrônicas”, afirmou.

Carl Gustav Jung explora a importância da psique individual e sua busca pela totalidade, chamando, inclusive, a atenção de Sigmund Freud, fundador da psicanálise, quando foi pesquisador. Seu trabalho influenciou vários campos além da psicologia, como a antropologia, filosofia e teologia. O autor chamou os registros da autoexperimentação de seu confronto com o inconsciente.

O presidente da Associação Médica do Rio Grande do Sul, Dr. Gerson Junqueira Jr., em sua saudação inicial, enalteceu a satisfação em sediar o encontro e reforçou o desafio que foi assumir a gestão da entidade, em meio a uma pandemia.

"Tivemos uma oportunidade de mostrar como os médicos e as instituições de saúde são importantes. É isso que temos feito incansavelmente", afirmou.

A iniciativa do encontro foi do Departamento de Psiquiatria e Espiritualidade da Associação de Psiquiatria do RS em parceria com a Associação Médica do Rio Grande do Sul e com o Instituto Junguiano do RS.

"Somos uma instituição que tem, na espinha dorsal, eventos científicos. Por isso, estamos abertos a todos tipos de pensamentos e estamos muito satisfeitos o debate”, disse a vice-presidente eleita da APRS, Andréa Poyastro Pinheiro.

A presidente do Instituto Junguiano, Rosa Felizardo, agradeceu a acolhida da AMRIGS, destacando a importância da realização do encontro para todos os profissionais.

O evento foi realizado de forma híbrida, presencialmente no auditório AMRIGS e online via Sympla Streaming. O encerramento contou com a performance do ator e musicista Hique Gomez: “O Teatro Hiperbólico e o Eu Fracassado”.

Fonte: Marcelo Matusiak
Fotos: Marcelo Matusiak



Todas Notícias