Notícias

28/11/2022 - Milhares de estudantes realizam Prova AMB/AMRIGS em seis estados brasileiros



Alunos tiveram cinco horas para testar seus conhecimentos no exame que ocorreu neste domingo 27/11

Com foco no futuro de suas carreiras médicas, mais de 4.700 alunos realizaram, neste domingo (27/11), a tradicional Prova AMB/AMRIGS em diferentes estados brasileiros. O exame começou pontualmente às 9h da manhã (horário de Brasília) e os candidatos tiveram cinco horas para resolver as questões. Desde 2019, a prova é chancelada também pela Associação Médica Brasileira (AMB). Além do Rio Grande do Sul, a avaliação também é aplicada em Santa Catarina, Mato Grosso, Mato Grosso do Sul, Rondônia e Rio de Janeiro.

"A prova é um dos principais legados científicos que a AMRIGS possui. Ela tem 51 anos e representa um processo de avaliação classificatório muito importante para os programas de Residência Médica, e também de avaliação para acadêmicos e médicos do Brasil. Hoje ela amplia sua atuação em outros estados e nós temos já uma perspectiva muito boa de, no ano que vem, prospectar junto com a AMB muitos outros programas de residência em todo país", destacou o presidente da AMRIGS, Dr. Gerson Junqueira Jr.

O coordenador da Prova AMB/AMRIGS, Dr. Antonio Carlos Weston, ressalta que o exame é uma marca registrada da AMRIGS e um caminho fundamental na vida dos estudantes.

"Para os alunos a prova representa um ritual de passagem entre a sua vida acadêmica, a universitária e a profissional, principalmente na especialização que é a Residência Médica. A prova da AMRIGS ficou ainda mais importante porque se nacionalizou, se transformou de uma prova regional realizada exclusivamente no Rio Grande do Sul, para uma prova em vários estados brasileiros".

Na edição deste ano, a especialidade com mais candidatos por vaga foi a Oftalmologia, com 131, no Hospital Governador Celso Ramos - HGCR - SES/SC (Florianópolis), seguido por Dermatologia na Universidade Federal de Santa Maria (UFSM), com 128, e Psiquiatria em terceiro com 112 alunos por vaga na Fundação Mário Martins, em Porto Alegre.

O diretor Científico e Cultural da AMRIGS, Dr. Guilherme Napp, salienta que esta é uma avaliação reconhecida pela sua qualidade.

"Os candidatos puderam se inscrever para autoavaliação ou como exame de acesso aos programas de Residência Médica, e é usada por 165 programas em 6 estados. Além da prova para conhecimentos gerais, também são executadas provas para acesso às diversas especialidades e áreas de atuação. A banca é composta por professores das diversas instituições de ensino e médicos de hospitais referência em todo estado, que garantem uma ferramenta com excelente capacidade de mensurar o aprendizado dos estudantes ao longo do seu período de formação”.

Acompanharam a aplicação da prova neste domingo, o presidente da AMRIGS, Dr.Gerson Junqueira Jr, o coordenador da Prova AMB/AMRIGS, Dr. Antonio Carlos Weston; e o diretor de Finanças da AMRIGS, Dr. Breno José Acauan Filho.

Mas uma vez, a baixa abstenção chamou a atenção dos organizadores. Dos 1.009 candidatos inscritos para aplicação na prova em Porto Alegre, apenas 26 não compareceram (2,51%). Na capital gaúcha, local de maior concentração, a prova foi realizada na Pontifícia Universidade Católica do Rio Grande do Sul (PUCRS). Além de Porto Alegre, o exame foi aplicado nos municípios de Cacoal/RO, Campo Grande/MS, Caxias do Sul/RS, Chapecó/SC, Criciúma/SC, Florianópolis/SC, Joinville/SC, Lages/SC, Passo Fundo/RS, Pelotas/RS, Porto Velho/RO, Rio Grande/RS, Santa Cruz do Sul/RS, Santa Maria/RS e Várzea Grande/MT e Três Rios/RS. No geral, a abstenção foi 3,39%, o que representa 165 candidatos ausentes em um total de 4.701 estudantes que realizaram o teste.

Fonte: Airton Lemos
Fotos: Airton Lemos



Todas Notícias