Pesquisa avalia qualidade de programas de promoção à saúde e prevenção de doenças

Pesquisa avalia qualidade de programas de promoção à saúde e prevenção de doenças

Categoria:

Compartilhar:

Pesquisa avalia qualidade de programas de promoção à saúde e prevenção de doenças

A Agência Nacional de Saúde Suplementar (ANS) e a Aliança para a Saúde Populacional (ASAP) estão realizando uma pesquisa para avaliar a abrangência das intervenções de programas de promoção da saúde em empresas brasileiras. A iniciativa é fruto de um Termo de Cooperação Técnica firmado entre as duas instituições e tem como objetivo desenvolver ações e programas capazes de contribuir para a sustentabilidade da saúde suplementar.
Podem participar da pesquisa gestores diretamente envolvidos no desenvolvimento e aplicação dos programas em empresas que, comprovadamente, desenvolvam um ou mais programas de promoção da saúde e prevenção de doenças para os funcionários por, pelo menos, 12 meses. O questionário utiliza a ferramenta CDC Worksite Health ScoreCard, que avalia a prevenção de doenças cardíacas, acidentes vasculares cerebrais e condições relacionadas.
A diretora-adjunta de Normas e Habilitação dos Produtos da ANS, Flávia Tanaka, explica que o investimento em programas de promoção da saúde e prevenção de doenças (Promoprev) é uma das principais estratégias para garantir a sustentabilidade do setor. “A Agência tem estimulado as operadoras a repensarem a organização das suas redes de atenção à saúde, através da mudança do modelo centrado na doença; da ampliação da oferta de programas como ferramenta de gestão da saúde dos beneficiários; da reorganização dos serviços, buscando o monitoramento dos fatores de risco, o gerenciamento de doenças crônicas e a diminuição dos anos de vida perdidos por incapacidade; e da criação de incentivos para operadoras e beneficiários”, afirma.
Atualmente, existem aproximadamente 1,3 mil programas de promoção de saúde e prevenção de riscos e doenças que atendem 1,6 milhão de beneficiários de planos de saúde. A maioria (70,4%) são iniciativas voltadas à saúde do adulto e da pessoa idosa e 20,2% para a saúde da mulher. Parte significativa dos programas oferece incentivos aos beneficiários por meio de premiações. Os mais comuns são oferta de brindes, desconto em academias, o não pagamento de coparticipação pelos beneficiários em procedimentos/eventos em saúde e custeio de medicamentos/equipamentos e vacinas.
Flávia ressalta que as empresas contratantes têm papel importante na gestão da saúde de seus funcionários e no aprimoramento do setor de saúde suplementar. Entre as principais ações nesse sentido ela destaca a identificação do perfil de sua população – fatores de risco, determinantes de saúde, comportamento, hábitos ” e a cobrança por resultados capazes de promover o aprimoramento da qualidade assistencial, a redução de custos e a melhoria da saúde da população.
Para mais informações sobre a pesquisa, acesse o site da ASAP

Confira outras notícias

thumb site

AMRIGS celebra formatura de novos especialistas do Hospital São Lucas da PUCRS

Em um momento repleto de emoções e conquistas, a Associação Médica do Rio Grande do Sul (AMRIGS) participou da cerimônia de formatura dos residentes do Hospital São Lucas da Pontifícia Universidade Católica do Rio Grande do Sul (PUCRS), realizada no Salão de Atos no dia 22 de fevereiro. O pres...
thumb site

Hospital Ernesto Dornelles forma 29 residentes em 12 especialidades médicas

A noite de quarta-feira, dia 21 de fevereiro, foi marcada pela formatura de mais uma turma do Programa de Residência Médica do Hospital Ernesto Dornelles, parceiro da Prova AMB/AMRIGS, aplicada anualmente. A cerimônia, que aconteceu no Clube Sogipa em Porto Alegre, contou com a presença do presid...
WhatsApp Image 2024-02-20 at 11.34.45 AM

Crescimento da Prova AMB/AMRIGS é pauta em reunião com AMB e federadas brasileiras

Na noite do dia 19 de fevereiro, representantes da Associação Médica do Rio Grande do Sul (AMRIGS), da Associação Médica Brasileira (AMB) e das federadas dos estados do Ceará (CE), Pará (PA), Pernambuco (PE), Rio de Janeiro (RJ), Santa Catarina (SC) e Maranhão (MA) reuniram-se de forma híbrida pa...
plugins premium WordPress