Secretaria da Saúde da Capital seleciona projetos de hábitos saudáveis e prevenção

Categoria:

Compartilhar:

publicada em

Secretaria da Saúde da Capital seleciona projetos de hábitos saudáveis e prevenção

A Secretaria Municipal de Saúde (SMS) abre inscrições no dia 13 de outubro para projetos de profissionais dos serviços da rede municipal de saúde que visem à promoção de hábitos saudáveis e prevenção de doenças crônicas não transmissíveis. O prazo para inscrição dos projetos se encerra no dia 30 deste mês. Serão selecionados três projetos por Gerência Distrital de Saúde, totalizando 24 experiências. Todas serão apresentadas na  I Mostra de Atividades com Impacto na Promoção de Hábitos Saudáveis e Prevenção de Doenças Crônicas Não Transmissíveis nos Serviços da SMS. 
Podem ser inscritos projetos que estejam em execução na data da inscrição e que tenham como beneficiários, preferencialmente, usuários do Sistema Único de Saúde (SUS) residentes na Capital. Os temas são Atividade Física, Alimentação Saudável e o viver sem uso abusivo de álcool e sem consumo de tabaco ou outras drogas. 
Os 24 projetos selecionados receberão prêmio simbólico. Do total, será selecionado um projeto por Gerência Distrital de Saúde (GD), que terá premiação especial. Os critérios para classificação das experiências somam 10 pontos, assim distribuídos:  originalidade (1 ponto), relevância – transversalidade da ação, abrangência, número de participantes (3 pontos), transcendência -capacidade de reprodução em outros serviços (2 pontos), linguagem ” fácil compreensão (1 ponto) e envolvimento da equipe multidisciplinar na ação (3 pontos).
Em Porto Alegre, assim como no país, as Doenças Crônicas não Transmissíveis (DCNT) são as doenças mais frequentes e as que mais causam mortes e gastos com saúde. As DCNTs mais importantes são as doenças do aparelho circulatório (doenças cardiovasculares), os cânceres, o diabetes e as doenças respiratórias crônicas, responsáveis por cerca de 70% das mortes por ano, e que recebem aproximadamente 70% dos recursos investidos na saúde.  Em muitos casos, as doenças cardiovasculares deixam sequelas graves, comprometendo a qualidade de vida dos indivíduos, caso dos infartos agudos e dos acidentes vasculares cerebrais. A técnica da CGVS Neiva Raffo destaca que o Ministério da Saúde prevê um aumento destas doenças na população, levando a mortes cada vez mais precoces, nos próximos anos.
“Os  fatores de risco dessas doenças são variados, incluindo os considerados não modificáveis, como gênero, idade e herança genética. No entanto, muitos dos fatores podem ser modificados, pois dependem do comportamento das pessoas, em especial alimentação inadequada, sedentarismo, obesidade, tabagismo, consumo de álcool e outras drogas”, destaca Neiva.
A realização da Mostra de Atividades com Impacto na Promoção de Hábitos Saudáveis e Prevenção das Doenças Crônicas não Transmissíveis vai contribuir para a melhoria da gestão da rede, além de valorizar experiências bem-sucedidas. Entre os objetivos estão conhecer potencialidades da rede de atenção à saúde para o desenvolvimento de atividades de Promoção à Saúde, as necessidades para a implantação e implementação de atividades de Promoção à Saúde e Prevenção de DCNT, além de estimular a incorporação de práticas de Promoção à Saúde no processo de trabalho das equipes de saúde e divulgar essas experiências, visando à multiplicação nos serviços geridos pela SMS. A iniciativa é conjunta, da Área Técnica das Doenças e Agravos Não Transmissíveis e da Equipe de Eventos Vitais, Doenças e Agravos Não Transmissíveis da Coordenadoria Geral de Vigilância em Saúde da SMS/PMPA. O evento de apresentação dos projetos está marcado para 10 de dezembro, em local a ser confirmado.

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Confira outras notícias

plugins premium WordPress