Semana do Aleitamento Materno integra Calendário de Eventos do Estado

Semana do Aleitamento Materno integra Calendário de Eventos do Estado

Categoria:

Compartilhar:

Semana do Aleitamento Materno integra Calendário de Eventos do Estado

O governador José Ivo Sartori incluiu, nesta terça-feira (13), a Semana Estadual do Aleitamento Materno no Calendário Oficial de Eventos do Estado. A lei número 14.746 foi sancionada pelo governador e teve como propositora na Assembleia Legislativa a deputada Liziane Bayer. As ações se concentrarão na primeira semana do mês do agosto, em acordo com a Semana Mundial do Aleitamento Materno, criada pela Organização Mundial da Saúde.
Os sete dias de promoção do aleitamento materno servirão para apoiar a mulher e conscientizá-la de seu papel como mãe e nutriz, sensibilizar a sociedade para que compreenda e incentive as mulheres que amamentam e orientar as que desejarem doar leite aos bancos de leite materno. Além disso, servirá para planejar ações dos poderes Executivo, Legislativo e Judiciário e todos os demais órgãos públicos sobre o assunto de tamanha relevância para a saúde pública.
Sartori disse que a Semana Estadual do Aleitamento Materno é mais um símbolo que, na prática, se torna uma ferramenta de conscientização de toda a sociedade sobre a importância do tema e salientou que, apesar de a medicina ter evoluído, não se tirou a naturalidade da gestação e da criação das crianças. “A Semana Estadual é para proteger, apoiar e estimular a formação de crianças mais saudáveis e mais felizes para que possam ter um futuro melhor. O leite materno é o primeiro alimento que uma criança recebe. Isso não substitui nenhum outro alimento, pelo menos nos seis primeiros meses de vida”, afirmou.
O significado do aleitamento materno para a saúde pública também foi lembrado pelo secretário da Saúde, João Gabbardo dos Reis, que garantiu que “o Rio Grande do Sul e o país vêm, nas últimas décadas, reduzindo drasticamente as taxas de mortalidade infantil”. Além disso, enfatizou os aspectos emocionais de segurança e de imunização do bebê. “Isso é fundamental do ponto de vista da segurança e indiscutível na área emocional, com a manutenção do vínculo e a relação que se estabelece de uma maneira muito mais saudável e mais tranquila entre mãe e bebê”, declarou.
Participaram a secretária extraordinária de Políticas Sociais, Maria Helena Sartori, a secretária de Atenção à Saúde do Ministério da Saúde, Cristiane Souza de Oliveira, e o deputado estadual Elton Weber.

Confira outras notícias

Thumb

AMRIGS e Porto Alegre Convention Bureau projetam série de eventos na sede da entidade

Com o objetivo de discutir novas estratégias e oportunidades de eventos na área médica, a Associação Médica do Rio Grande do Sul (AMRIGS) promoveu, juntamente com o Porto Alegre Convention & Visitors Bureau (POACVB), um encontro entre organizações, empresas e companhias referência na área dos...
sptrs

Nova gestão assume a Sociedade de Pneumologia e Tisiologia do RS

A Sociedade de Pneumologia e Tisiologia do RS (SPTRS) está sob nova gestão para o biênio 2024-2025, planejando melhorias e avanços dentro da área de especialidade.  Em entrevista, a nova presidente, Dra. Manuela Cavalcanti, delineou objetivos ambiciosos, demonstrando comprometimento com a...
Thumb

Tabela de procedimentos médicos do IPE Saúde será atualizada pelo Governo do RS

Em reunião com presença da AMRIGS, Executivo do RS anunciou o reajuste dos valores repassados aos profissionais da Medicina credenciados para atendimento ao plano A Associação Médica do Rio Grande do Sul (AMRIGS) participou nesta segunda-feira (27/11) de reunião na Casa Civil promovida pelo Go...
plugins premium WordPress