Unicef: número de crianças com pólio é o menor da história

Unicef: número de crianças com pólio é o menor da história

Categoria:

Compartilhar:

Unicef: número de crianças com pólio é o menor da história

Para agência das Nações Unidas, “não se pode descansar até que o número de casos chegue a zero”
Na véspera do Dia Mundial de Combate à Pólio, o Fundo das Nações Unidas para a Infância, Unicef, destacou que “nunca na história da doença tão poucas crianças em tão poucos países contraíram o vírus”. No entanto, a agência da ONU afirmou que “não se pode descansar até o número de casos chegar a zero”. A data internacional é celebrada no dia 24 de outubro.
Segundo o chefe da unidade de pólio do Unicef, Peter Crowley, o progresso para erradicar a doença é “real e dramático”. Ele ressaltou que atualmente em apenas dois países no mundo ainda há o polivírus selvagem: Afeganistão e Paquistão. No entanto, o especialista afirmou que até todas as crianças em todos os lugares serem imunizadas contra a doença de forma “consistente e rotineira, a ameaça continua”.
De acordo com o Unicef, há apenas três anos, a Nigéria registrava mais da metade de todos os casos de pólio no mundo. Neste ano, pela primeira vez na história, o país conseguiu interromper a transmissão do vírus da pólio selvagem. No mês passado, a nação foi retirada da lista de países endêmicos. Este avanço “notável” da Nigéria levou o país e a região africana mais perto do que nunca da certificação de “livre da pólio”.
Na Índia, há quatro anos não há casos. Em todo o mundo, houve apenas 51 casos de pólio selvagem desde o início de 2015, em comparação com 242 casos no ano passado.
Para o Unicef, estes sucessos são resultado de “vontade política e liderança dos governos nos países afetados”, “forte mobilização e envolvimento das comunidades” e “coragem e compromisso dos trabalhadores de saúde na linha de frente”. A agência também destacou ações coordenadas dos parceiros da Iniciativa Global para Erradicação da Pólio.
Como parte de sua contribuição à Iniciativa, o Unicef distribuiu 1,7 bilhão de doses de vacina em 2014 e apoiou o treinamento de dezenas de milhares de trabalhadores em comunidades do Paquistão à Nigéria.
Peter Crowley afirmou que o objetivo da agência é interromper a transmissão da pólio a esta altura no próximo ano. No entanto, o especialista  declarou que “a única forma de alcançar isso é se os países com baixos índices de vacinação redobrarem seus esforços para chegar a todas as crianças”.

Confira outras notícias

thumb site

AMRIGS celebra formatura de novos especialistas do Hospital São Lucas da PUCRS

Em um momento repleto de emoções e conquistas, a Associação Médica do Rio Grande do Sul (AMRIGS) participou da cerimônia de formatura dos residentes do Hospital São Lucas da Pontifícia Universidade Católica do Rio Grande do Sul (PUCRS), realizada no Salão de Atos no dia 22 de fevereiro. O pres...
thumb site

Hospital Ernesto Dornelles forma 29 residentes em 12 especialidades médicas

A noite de quarta-feira, dia 21 de fevereiro, foi marcada pela formatura de mais uma turma do Programa de Residência Médica do Hospital Ernesto Dornelles, parceiro da Prova AMB/AMRIGS, aplicada anualmente. A cerimônia, que aconteceu no Clube Sogipa em Porto Alegre, contou com a presença do presid...
WhatsApp Image 2024-02-20 at 11.34.45 AM

Crescimento da Prova AMB/AMRIGS é pauta em reunião com AMB e federadas brasileiras

Na noite do dia 19 de fevereiro, representantes da Associação Médica do Rio Grande do Sul (AMRIGS), da Associação Médica Brasileira (AMB) e das federadas dos estados do Ceará (CE), Pará (PA), Pernambuco (PE), Rio de Janeiro (RJ), Santa Catarina (SC) e Maranhão (MA) reuniram-se de forma híbrida pa...
plugins premium WordPress